Furia destaca iniciativa de militarizar Escola Aurélio Buarque de Holanda

A decisão do governador foi fruto de uma reunião com o Secretário de Educação Suamy
Publicado em: 27 de Janeiro de 2020

Furia destaca...

O governador Marcos Rocha esteve em Cacoal no último sábado (25) para anunciar a militarização da Escola Estadual Aurélio Buarque de Holanda, que funcionará no padrão do Colégio Tiradentes da Polícia Militar de Rondônia. 

A decisão do governador foi fruto de uma reunião com o Secretário de Estado da Educação (Seduc), Suamy Vivecanda, com o Coordenador Regional de Educação de Cacoal, Bertino Neto, e com servidores da educação estadual e municipal. 

O deputado estadual Adailton Furia tem trabalhado desde o início do mandato pela implantação de uma escola militar em Cacoal e, na oportunidade, solicitou ao governador que também militarizasse a Escola Carlos Drummond de Andrade, através do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros, já que os índices educacionais dessa escola melhoraram muito nos últimos anos, mas que também seria importante que a unidade escolar fosse militarizada. 

“Acredito que a escola militar servirá como parâmetro para que os estudantes busquem diferencial e qualidade no aprendizado. Por isso, reforcei nosso pedido de militarização de mais uma unidade e o governador ficou de analisar essa proposta, considerada inovadora, que também tem sido trabalhada pelo deputado estadual Cirone Deiró”, comentou Adailton Furia. 

De acordo com o Governo Estadual, a militarização da Escola Aurélio Buarque de Holanda atende um anseio antigo da população. A unidade de ensino está localizada no bairro Floresta, nas proximidades do bairro Teixeirão e demais bairros do entorno da Rodovia do Café e atenderá também todos os alunos da região. 

O colégio conta com diversas salas de aula, quadra de esportes, biblioteca e laboratórios, chegando atender a uma demanda superior a 1.000 alunos distribuídos em turnos matutinos, vespertinos e noturnos. 

Juntamente com as autoridades municipais e estaduais, o deputado Adailton Furia continuará unindo esforços para que o projeto do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros seja viabilizado o mais rápido possível para contribuir ainda mais com a educação dos jovens de Cacoal. 

E afirma que acompanhará de perto a implantação do modelo educacional do colégio Tiradentes no município. "A nova metodologia de ensino poderá transformar de forma positiva a vida desses jovens e também a nossa sociedade", finalizou Furia.

Foto e Texto: Assessoria


Fonte: Assessoria
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade