Memórias de Ana...
Memórias de Ana Carolina

Coluna

Carolina

Sonho e Vida

14/09/2018
Publicado em: 14 de Setembro de 2018

Sonhei com isto... Detalhadamente.

De que escrevia um texto, bonito, cheio de significados. Que num dado momento eu chorava, tamanha força naquelas palavras. E quando acordei, desisti de partir para qualquer rumo, porque mais vale a pena viver esses pensamentos que eu dou ao mundo para voar. Me aplaudiam, me fotografavam. Porque eu havia dito o que os outros não dizem, e eu expressava o que os seres sentem e não revelam.

Detalhadamente, eu via.

Eu falando sobre as mulheres, e a força esquecida. Da paz que os pobres querem ter. Eu falava do trabalho, da família e a depressão. Eu acreditava na mudança e por isso, me elogiavam. Porque eu acreditava, acima de tudo.

Se na realidade, o autor não for eu, ainda sim me comovo. Eu e Deus sabemos da vitalidade em escrever, da razão de me manter respirando. E por isso...

Detalhadamente, eu espero, e espero.

Que eu me faça bem. Com falas revolucionárias, capazes de mover montanhas e sistemas.

 

 



Fonte: Ana Carolina Memória
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais de Memórias de Ana Carolina