Memórias de Ana...
Memórias de Ana Carolina

Coluna

Carolina

Questionamentos

05/10/2018
Publicado em: 05 de Outubro de 2018

A rejeição é dor que não morre, adormece. Falo da rejeição da vida. De quando viver é impossível e existir é um fardo. Então me pergunto: Será que algumas pessoas nasceram para estarem sempre sós? Mesmo quando estão cercadas de vozes? Nasceram para serem vazias de compartilhamentos reais de alegrias? Que aprenderam a amar a solidão e a nostalgia? Que se fecharam do resto e subsistem de si? Que cansadas de nunca serem ouvidas ou compreendidas, desistiram do mundo e gostaram disso? Voltei a ouvir Blue da Marina. A música é triste, mas o momento é bom. Significa quando ouço que a porta daquele meu lado intocado está se abrindo. Pode ser por bem, ou por mal... Fato é que se a inspiração acabar, continuo mulher. Então não me falta do que falar. Já a vida, a gente se acostuma. E os questionamentos continuam...



Fonte: Ana Carolina Memória
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais de Memórias de Ana Carolina