Memórias de Ana...
Memórias de Ana Carolina

Coluna

Carolina

O Para Sempre

21/09/2018
Publicado em: 21 de Setembro de 2018

Fecho os olhos...

(Imagem de outra realidade, uma realidade melhor, eu diria. Em algumas cenas estou à vontade. Noutras não. Depende do sentido aflorado. As coisas mudam. As coisas passam. É natural. O erro está em insistir no eterno. O casamento. A amizade. A relação. Deveria ser-me um alívio enxergar a mutabilidade. O que eu pensava, já não penso mais. Sou propriamente intocável. Inconstante.

O contrário. Morremos de medo de ficar sozinha e caminhar desacompanhada. Inverdade! A vida é a busca de um estado perfeito. Felicidade é um ideal a ser alcançado. Momentos são pequenas peças deste quebra-cabeça. Isso sim me desafoga. E quem disse que aceitamos? A gente sabe quando o amor acaba. A gente sabe o que nos faz bem, de fato. A gente sabe muito e achamos não saber. No entanto, a gente insiste na fábula do felizes para sempre...).

Acordo. Decido viver, na fragilidade e tudo mais.



Fonte: Ana Carolina Memória
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais de Memórias de Ana Carolina