Tribuna Livre
Tribuna Livre

Coluna

BRASIL DOIDO

09 de setembro de 2016
Publicado em: 13 de Setembro de 2016

Amigos, tenho escutado pessoas de diversas matizes demonstrando inconformismo com manifestações da imprensa estrangeira sobre o que se passa no Brasil. Também vejo coisas que não gosto, acho equivocadas, maledicentes e com claro intuito de achincalhar a imagem do nosso país e da nossa gente.

Claro que estas condutas têm objetivos diversos. Inclusive a de desconstruir nossa imagem para reduzir o valor dos nossos produtosnas mesas de negociações mundo afora.Pois país que não se respeita,perde respeito e valor ao que produz.

Mas tem muita incompreensão do que realmente se passa. Não do que quer e deseja o povo brasileiro. Mas do que querem e pelo que lutam, mais no escuro do que no claro, as elites políticas e econômicas viciadas na corrupção, que ainda predominam no cenário nacional.

Vemos tantas manobras incompreensíveis que até nós, calejados de Brasil, temos dificuldades de entender. Que dirá os correspondentes estrangeiros e seus leitores. Vejamos algumas coisas de endoidar doido.

Após todas as doideiras do julgamento do Impeachment de Dilma Rousseff pelo Senado da República e dos seus desdobramentos dando sobrevida ao assunto, algumas coisas chamam a atenção e intrigam. Uma delas foi o patético apeloda advogada Janaína, subscritora da acusação de Dilma, para que os impetrantes retirem seus pedidos sobre o Impeachment do Supremo Tribunal Federal. O que será que ela teme?Não sustentar a acusação? E por que chorou e pediu desculpas? Foi dor de consciência?

Aí vem o Papa Francisco, do alto de sua sabedoria, pedir oração pelo momento difícil que o Brasil atravessa. Realmente, santidade, vivemos um momento caótico. Precisamos mesmo da ajuda de Deus para empregarmos 12 milhões de brasileiros que o petismo jogou na rua da amargura. Da misericórdia divina para varrermos os corruptos, corruptores e seus agentes dos cofres públicos. Para exterminar os vampiros grudados no pescoço da nossa gente. E mandar para a cadeia os ladrões da República.

Mas daí o presidente Michel Temer ficar gaguejando e teorizando diante da imprensa do mundo, sobre o que o Papa Francisco queria dizer ao pedir oração para o Brasil, foi uma coisa doida e descabida. Não melhorou nem a sua imagem nem a do Brasil. Piorou.

Pois é. E toda aquela encenação do presidente do STF, ministro Lewandowski,trocando a Constituição por um artigo do Regimento Interno do Senado, foi um ato ensaiado previamente para favorecer, também, agentes alcançados pela Lava a Jato e metade dos senadores com processo no STF. É a elite do poder se blindando dos seus crimes.

E o voto aberto e indutivo do presidente do Senado, Renan Calheirose senadores que, na condição de juízes, declinaram dos seus votos antes da votação, abrindo espaço para a suspeição?

Claro que isso serve de combustível para os ditos movimentos sociais dos vermelhinhos alimentarem a instabilidade, tomando conta das ruas com desordens e depredações.

Assim, mais uma vez, o STF, apesar de suas intrigas internas, assume o protagonismo de um assunto que era para ter se encerrado no dia 31 de  agosto.

E o Brasil demonstra a imaturidade das instituições que sustentam a nossa democracia.É o que se ver.

Neste Brasil doido, só nos resta fazer coro com o Papa Francisco. Rezemos nós, rezai vós, rezemos todos para atravessarmos esses momentos difíceis e sairmos fortalecidos numa nova ordem de justiça, paz e prosperidade.

 

Osmar Silva – Jornalista – Presidente da Associação da Imprensa de Rondônia-Airon – sr.osmarsilva@gmail.com



Fonte: Por: Osmar Silva
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais de Tribuna Livre