Boca Maldita
Boca Maldita

Coluna

Boca Maldita de 19 de abril de 2019

Boca Maldita de 19 de abril de 2019
Publicado em: 23 de Abril de 2019

SEXTA-FEIRA SANTA. Hoje é um feriado muito importante para a comunidade cristã, porque é o dia em que é celebrado o sacrifício de Jesus Cristo. Assim, os cristãos de Cacoal e do Brasil devem passar o final de semana em eventos voltados para o tema. No caso da comunidade católica, existe ainda a tradição de jejuar neste dia, em respeito ao sacrifício de Jesus Cristo. Vale lembrar que Rondônia tem maioria de população cristã e que o número de cristãos evangélicos no estado também é muito grande. Claro que muitas tradições do cristianismo estão sendo relegadas a segundo plano e grande parte da população jovem  do país não acredita em tradições religiosas. Mesmo assim, devemos admitir que existem ainda muitas famílias e pessoas que zelam pelas tradições e cultuam os hábitos cristãos.

SUPREMA CENSURA. Nos últimos dias, nosso país tem acompanhado as decisões tomadas pelos ministros do Supremo Tribunal Federal e o grande esforço que eles têm feito para proibir alguns veículos de comunicação do país de divulgar informações que colocam em dúvida a postura de alguns membros da Corte. Ao ter o nome citado pelo dono da Odebrecht em uma delação premiada, o ministro Dias Tofolli se aliou ao colega Alexandre de Moraes e tomaram diversas medidas jurídicas que não podem ser de iniciativa de ministros do STF, como por exemplo investigar pessoas ou empresas. A conduta dos ministros revela a fragilidade da Suprema Corte brasileira e confirma a necessidade de haver uma rigorosa apuração sobre o Poder Judiciário, mesmo porque o STF tem a atribuição de zelar pela Constituição Federal.

DIREITOS REVOGADOS? O presidente Jair Bolsonaro assinou na semana passada diversos decretos revogando conselhos de diversas áreas, entre eles o Conselho Nacional de Pessoas Portadoras de Deficiência. Essas funções serão acopladas em outros setores e não significa contrariar a conduta da primeira-dama Michelle Bolsonaro, que no dia da posse do marido, fez um discurso em Libras e disse que a partir de agora os deficientes do Brasil seriam respeitados. A propagação por alguns setores insatisfeitos com a extinção do Conselho Nacional de Pessoas Portadoras de Deficiência só é em vão se o conselho fique sem um lugar para amparar sua função. Seria um grande retrocesso e certamente causaria muitos prejuízos a milhares de famílias brasileiras. Acreditamos que a idéia está alicerçada na pregação de que não se mexe naquilo que funciona e sim, naquilo que vai mal.

DIA DO ÍNDIO. Embora propaguem que o governo brasileiro tenha adotado uma política muito dura contra as comunidades indígenas, precisamos lembrar que Rondônia está entre os estados com maior índices de populações indígenas do Brasil. Durante toda a campanha, o presidente Jair Bolsonaro deixou muito claro que, caso fosse eleito, iria trabalhar para que os índios tivessem menos terra, mas deixassem de ser explorados. Esperamos que realmente pense em favor das comunidades indígenas porque os povos indígenas precisam ser tratados com respeito. Pensar como alguns que os povos indígenas não têm direito de defender sua cultura é negar a história do Brasil e negar a importância das comunidades indígenas. O racismo, o preconceito e a discriminação não podem ser alimentados por um país que busca resgatar sua história.

CULTURA E SOCIEDADE. No começo desta semana, a catedral de Notre-Dame, construída na Idade Média, na França, foi completamente destruída por um incêndio de grandes proporções. A catedral é um dos principais pontos turísticos da Europa, existe há quase 900 anos e serviu de cenário, quando Napoleão Bonaparte assumiu o posto de Imperador da França. Após o incidente, diversas empresas e pessoas da França, além de milionários de outros países, fizeram doações em dinheiro para que o monumento seja recuperado. O total de doações de pessoas interessadas em ver a restauração da catedral de Notre-Dame já ultrapassa os dois bilhões e meio de reais. Apenas para fazer uma comparação simples, o Museu Nacional do Rio de Janeiro incendiou em setembro do ano passado e algumas pessoas fizeram doações para a reconstrução. Nesse período de cerca de oito meses foram arrecadados pouco mais de um milhão de reais para restaurar o Museu Nacional. Em dois dias, foram arrecadados quase três bilhões para restaurar a catedral francesa.

EMPRÉSTIMO DA DISCÓRDIA. A prefeita Glaucione Rodrigues encaminhou, cerca de 40 dias atrás, um projeto de lei que objetiva obter a autorização da Câmara de Cacoal para realizar um empréstimo de cinco milhões de reais em uma instituição bancária do município. Em sua justificativa, a prefeita argumenta que precisa do dinheiro para recuperar as vias públicas da cidade. É bem verdade que Cacoal está um caos, em termos de vias públicas e as ruas estão intrafegáveis, mas é necessário avaliar outros fatores. Antes, precisamos esclarecer que com esse valor não vai resolver praticamente nada, porque é um valor que não atende as necessidades do município. Além disso, precisamos lembrar que a medida que resolveria os problemas de buracos e falta de pavimentação das ruas era a instalação da Usina de Asfalto. Se a usina já está instalada, por que a situação não está resolvida?

MANDATOS DE VEREADORES. Na próxima semana, acontecerá em Brasília a Marcha dos Vereadores, evento que vai reunir milhares de legisladores municipais, para discutir diversos temas. Entre os assuntos em pauta na Marcha dos Vereadores está a reforma política para o próximo ano, quando já está definido que não haverá mais coligações para eleições proporcionais. Com o fim das coligações para eleições proporcionais, muitos vereadores estão preocupados em continuar no cargo. Se a regra tivesse em vigor já em 2016, provavelmente uns oito vereadores de Cacoal estariam fora do mandato hoje. É importante lembrar que alguns deputados federais de Rondônia estão prometendo para vereadores do nosso estado que irão defender a ampliação dos mandatos atuais. Ou seja, quem tem mandato municipal hoje teria o mandato aumentado em mais dois anos, para que houvesse uma única eleição em 2022. Se a ideia for aprovada, nossa prefeita e os vereadores ficam no cargo até 2022. Tem alguns vereadores que não pode! Por favor!

ORQUÍDEAS ELEITORAIS. No começo desta semana, o vereador Mário Moreira Jabá usou a tribuna da Câmara Municipal de Cacoal para denunciar um esquema que, caso seja verdade, fere todos os princípios de liberdade, cidadania, humanidade e democracia de nosso país. Segundo Jabá Moreira, um grupo de vereadores se reuniu nas dependências da Casa de Leis, com a finalidade de encontrar uma “saída” para impedir que a mulher conhecida como Lu do Orquidário tenha acesso à Câmara. O problema é que a Lu do Orquidário lidera um movimento que cobra dos vereadores ações mais concretas em favor do município e denuncia eventuais atos que prejudicam os interesses da população. Além disso, os vereadores acreditam que a mulher tenta fazer um movimento para disputar a eleição do próximo ano. Jabá Moreira denunciou que os vereadores pensam “armar uma situação” e acionar o Poder Judiciário, para conseguir uma medida que impeça a Lu do Orquidário de frequentar as sessões. Caso algum juiz de Cacoal conceda esse tipo de medida, estamos no fim do mundo!!!

MARCHA DE AZUL. O município de Cacoal terá um evento de grande importância para a população, no dia 29 de abril. Nesta data, será realizada a  Marcha de Azul Marinho, movimento que tem ocorrido em centenas de municípios do Brasil e cuja principal finalidade é ampliar as discussões sobre a possibilidade de instituir políticas públicas municipais que possam melhorar a segurança da população. Não é preciso ter bola de cristal para saber que a violência em nosso país precisa ter um freio e esta realidade também está em nosso estado e em nosso município. É muito importante que a sociedade participe de eventos como este, para buscar caminhos que garantam mais segurança para todos. Infelizmente, nos últimos anos, a violência aumentou muito em Rondônia e Cacoal foi atingida com os fatos. Precisamos lutar para que nossa cidade esteja livre da violência. Em Cacoal, o movimento Marcha Azul Marinho é coordenado pelo Edmar Kapiche e vai oferecer diversos cursos e informações para a sociedade. Vamos juntos melhorar a nossa segurança!!!

 

O MANOEL GUIOMAR TEIXERIA, casado com a dona Maria Aparecida da Silva  Teixeira, pai do Romerito, Eliane, Edimar, vovô do Swian Guilherme e Ricardo Maurício (filhos do Edimar) e  Gustavo (filho do Romerito), que nasceu na cidade de Ituiutaba-MG, torcedor do Corinthians, que trabalha no Hospital Heuro,  que chegou a Cacoal em 07/09/76, também lê TRIBUNA POPULAR desde seu surgimento em 1980!


Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais de Boca Maldita