Boca Maldita
Boca Maldita

Coluna

Boca Maldita de 02 de fevereiro de 2019

Boca Maldita de 02 de fevereiro de 2019
Publicado em: 01 de Fevereiro de 2019

Boca Maldita de 02...

TRAGÉDIA EM MINAS - Nos últimos dias, todos os fatos políticos, relacionados com o cenário político do país, foram colocados em segundo plano, uma vez que o noticiário tem sido voltado exclusivamente para a tragédia ocorrida em Brumadinho (MG). O rompimento de uma barragem de propriedade da mineradora Vale provocou a morte de dezenas de pessoas. Até o fechamento desta edição, o número de mortes confirmadas era de 99, mas o número pode aumentar,  visto que os desaparecidos são mais de 250 pessoas. 

DECRETO DA DILMA - Após a grave tragédia em Minas Gerais, muitas pessoas divulgaram postagens nas redes sociais, informando que a ex - presidente Dilma Rousseff teria assinado um decreto que protege empresa, em casos como este. As coisas não são bem assim. O decreto realmente foi assinado por Dilma, mas ele apenas dá direito às famílias das vítimas da tragédia a terem acesso mais rápido ao FGTS. Como o país viveu um clima de muitos conflitos no ano passado, talvez seja importante as pessoas buscarem as informações corretas sobre fatos. Essa mania de compartilhar informações falsas prejudica muito o resgate do país. 

LUXO LEGISLATIVO - Os novos deputados estaduais de Rondônia e os que foram reeleitos não poderão reclamar das condições de trabalho e das instalações do Poder Legislativo. Recentemente, foi inaugurado o novo local de trabalho dos legisladores rondonienses. Conforme declarou o deputado Maurão de Carvalho, que deixa o cargo hoje, a obra custou cerca de 100 milhões, valores que geraram muita polêmica esta semana. Nas redes sociais, alguns internautas afirmaram que seria muito melhor fazer investimentos nas áreas de saúde e educação. 

POSSE DOS DEPUTADOS - Hoje serão empossados em Rondônia os 24 deputados estaduais eleitos em 07 de outubro para constituírem a Assembleia Legislativa do estado, nos próximos quatro anos. Metade dos deputados que assumem o mandato hoje foram reeleitos, o que mostra que a população rondoniense não tinha interesse em promover mudanças no âmbito legislativo. Isso pode ser facilmente percebido na quantidade de deputados reconduzidos e levando em consideração que alguns outros não disputaram a eleição para este cargo. O deputado Leo Moraes foi eleito com expressiva votação para deputado federal, Cleiton Roque teve a candidatura indeferida pelo TRE e o presidente da ALE, Maurão de Carvalho, disputou o governo de Rondônia. Podemos dizer que eles teriam uma possibilidade muito grande de serem reeleitos, o que reforça a ideia de que o eleitor realmente não queria mudanças significativas no legislativo estadual. 

SINGEPERON  x GOVERNO - O início de mandato do governador Marcos Rocha tem sido marcado por uma intensa queda de braço entre o governo e os Agentes Penitenciários. Desde o período em que ocupou o cargo de Secretário de Justiça do governo Confúcio, Marcos Rocha viveu momentos de conflitos com a categoria. A situação tende a ganhar temperos mais fortes, já que os agentes penitenciários reclamam de vários problemas criados pelo governador. Tudo indica que a categoria exigirá uma posição clara do deputado Anderson Pereira, já que ele foi reeleito com o apoio dos colegas de profissão. O maior impasse entre o governo e a categoria ocorre pela decisão do governo de vetar uma lei aprovada pela Assembleia em benefício dos agentes. 

MERECIDAS FÉRIAS - Nesta sexta - feira encerrou o período de recesso dos vereadores, iniciado no ano passado. A partir de agora, podem ocorrer deliberações sobre matérias que tramitam na casa e as comissões permanentes voltam a funcionar normalmente. Vale lembrar que as comissões terão a partir de agora novas composições e que uma nova dinâmica pode ocorrer nas deliberações de projetos com origem no executivo. 

CORAZINHO PRESIDENTE - Outra novidade na volta aos trabalhos legislativos é que, desde o dia 01 de janeiro o presidente da Casa é o vereador Valdomiro Corá, cunhado da prefeita Glaucione Rodrigues. Corazinho também passa a ser o substituto da prefeita, já que o vice Elcirone Deiró toma posse como deputado estadual. 

PEDIDO DE IMPEACHEMENT - A condição de substituir a prefeita em suas ausências ou impedimentos legais já pode colocar o vereador Corazinho em uma polêmica. Segundo comentários que circulam na cidade, um grupo de pessoas insatisfeitas com a administração trabalham colhendo assinaturas que serviriam para fortalecer um pedido de afastamento da prefeita Glaucione Rodrigues. Neste caso, o pedido seria encaminhando ao presidente da Câmara,  que teria a atribuição de tomar as medidas cabíveis. Caso o vereador coloque alguma dificuldade no andamento do pedido, pode ser em virtude do grau de parentesco. Se tiver interesse em fazer andar, pode ter interesse em ser prefeito. E agora? ? ?  

LIXO  DA DISCÓRDIA  - Na última semana chegaram a Cacoal alguns caminhões que,  segundo informações, pertencem à empresa que foi contratada pela administração para realizar a coleta de lixo no município. Os problemas decorrentes da falta de coleta de lixo provocaram inúmeras manifestações de protestos em Cacoal e evidenciaram um grande desgaste político da administração. Até mesmo medidas judiciais foram tomadas pela prefeita na tentativa de frear o movimento criado nas redes sociais para protestar. Com a chegada dos caminhões, a situação pode ser amenizada, mas outros problemas são citados pelos insatisfeitos, entre eles os buracos que tomaram conta das ruas e avenidas da cidade. 

TRAGÉDIA HISTÓRICA - Neste domingo, dia 03 de fevereiro, é a data que marca os 37 anos da trágica explosão no quartel da Polícia Militar em Cacoal.  O acidente infelizmente provocou a morte de mais de dez pessoas, fato que abalou todo o estado na ocasião. Apesar de ter sido um fato triste, fazemos o registro para que as novas gerações também conheçam os fatos que marcaram a história da Capital do Café, no passado.

 

O João Paulo Pichek, empresário do ramo imobiliário, esposo da Gigliane, pai do João Pedro e da Isabela, filho dos pioneiros João Pichek e Isabel (in memória), irmão do Tarcísio,  Susana, Gustavo e do Gabriel, também LÊ TRIBUNA POPULAR!



Fonte: Redação
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais de Boca Maldita